Falando com minha amada

Author: Kanpeki / Marcadores:


A guerra terminou, e a sua amada ele logo regressou,
o toque dela era o que ele mais queria, e com amor a desejava,
nunca mais sairia de perto dela e a seu rei ele falou que deserdaria,
manchar suas mão em batalha não mais queria.
Era hora de se dedicar a algo que sempre valeu a pena,
sua amada, sua esposa, aquela que sempre chamava de "pequena".
Foram anos longe de seus carinhos e agora nada o tiraria de sua casa,
guardou tudo, escudo, armadura e até mesmo sua espada.
Por ela ele batalharia muito, pois no campo do amor
somente sua lady importava, nada mais era vista a bons olhos
do que o bem que o amor dela fazia,
ele prometeu somente a amar e não mais a deixar,
promessas não são feitas a toa,
são cumpridas mediante a um só pagamento...a sinceridade,
pois assim sempre serei.

Sir Mustang         

Condessa & Lady

Author: Kanpeki / Marcadores: ,


Nos brilhos da tua  lua não se compara 
com o brilho dos  seus olhos  perco-me e 
domina-me fico sem ar sem saber 
o que falarei  quando lhe encontrar

do sonho que tive encontrei o carinho 
amor sentido que jamais vai mudar,
do calor do fogo que não se compara 
com o calor de vossa presença

Comparar-te com todos os dons da terra
Seria talvez o oitavo pecado capital
Pois és maior que isto
Talvez tenha a beleza mortal

E que assim seja
Se de tua beleza eu vier a falecer
Tendo a ultima visão de teu sorriso eterno
Seria a volúpia da morte
Assim o desejo, assim o quero. 




Condessa M. & Lady Eyria

Poesia IX

Author: Kanpeki / Marcadores:

Nori Krhá Eti Prebati


Não havia mais cartas
Tuas mãos trêmulas guardavam na alma as palavras
Com poucas forças a ultima carta queimava
E com dor no peito, com olhos fechados, chorava
E com tua vos falha, recitava
O que na carta escrevera
"Queimar-te-ei como esta carta
Arrancar-te-ei de meu coração
E que sejam palavras em vão
E que tu nunca se importe em saber
Trouxeste a solidão
Junto a esta carta a arrancarei
E deste amor não viverei.
Não haverá mais cartas de amor a ti
E todas as que escrevi
Queime-as junto a você
Amor não é esta tristeza que destes a mim
Leve-te embora daqui
Não lembre de mim, nunca mais..."
Não havia mais cartas
E a ultima se queimava
Junto ao amor inofensivo
Que a dor a causava
Hoje talvez alivio
Amanhã recordação amarga
Pois, já não havia mais cartas...

Lady Eyria

Poesia VIII

Author: Kanpeki / Marcadores:

A'nintori Amenon


Escute, escute, os passos  fortes pela terra
Escute, escute, é ele a chegar trazendo-me rosas vermelhas
Espere, espere, não abra as janelas
Ele vem devagar e deseja dar-me surpresa
Oh! Eu desejei este momento, desejei sim desejei
Oh! Eu me perderei, me perderei quando os lábios dele novamente beijar
Esta canção, Ah! Está canção a ele cantarei
A canção a espera do amor, do amor que é ele
Os anjos cantam, as flores danças junto ao vento
Oh! Não fecharei meus olhos para não perder o momento
Até deste calabouço eu ser liberta novamente por ele
Ah! Tocam-se os violinos em minha mente 
Uma visão ofuscante de teu sorriso 
E a esperança de tua chegada
Ah! Não demore, mais fortes são os passos a minha direção
Ah! Escute esta canção e veja o quanto estou a amar
Olhe ele está a chegar
Mas por favor, por favor não me faça acordar
Deixe ao menos a canção da espera se acabar
Escute, escute teus passos, ele está a chegar.

Lady Eyria

Poesia VII

Author: Kanpeki / Marcadores:


Leví'k Angelio


Olho a todos os lados a tua procura, fostes embora e sem ti o dia assim fica escuro, escuro como meu olhar. Sabes onde está meu anjo? Teu nome é Leví e a ele perdi por tanto o amar, ele dizia que não podia viver este amor e assim partiu, mas eu sei que sem ele não viverei, e esta tristeza atroz faz-me refém, Ah! Meu anjo Leví, volte a mim, farei-te feliz, e não haverá regras que irão impedir-me de amar-te, dir-lhe-ei o que sinto em meio a aurora a lhe mostrar, Ah! Deste amor fugistes com intenção de voltar, e quem sou a não ser uma mera flor a procura de seu amor que possui asas. Fostes para a cidade dos anjos? Diga-me, diga-me alguém, pois se assim foi, eu irei também, nem que ao céu eu suba e ao inferno desça, irei encontrar-te meu amor. Conheces o anjo Leví? És o meu amor e fugistes de mim, diga-me senhor, onde estás Leví? Pois eu já não aguento de saudades e dele preciso para viver, pois neste mundo cruel fui me perder, achei-o em meio a dor e minha dor cessou e por ele me apaixonei, mas diz-me ser amor impossível, amor fictício, amor maligno, amor proibido, mas o que farei se dele sou preciso e preciso mais dele do que de mim? Volte anjo, meu anjo Leví, prometo não te amar de mais, apenas fique aqui, e deixe-me ao teu lado estar, que as leis não vençam nosso amor e que este amor não venha acabar, por isso não tenhas medo e volte anjo, venha me amar.

Lady Eyria

Me declaro a ti minha lady

Author: Kanpeki / Marcadores:


"Por que és tão linda minha querida amada,
escrevo hoje essas palavras porque morro de saudades suas,
seu toque macio, seus lábios a me provocar em beijos delirantes,
sinto como se fosse agora, mas ainda prefiro quando antes
a pegava pronunciando palavras a mim, simplificantes suas consoantes.
Desejos, caricias, sensações de prazer,
essas sim quero pra sempre pra mim e de ti nunca desfazer.
Minha lady, cavalgue junto comigo em meus sonhos,
transforme em realidade meus gestos invisiveis,
faça cada dia valer mais a pena do que o outro,
me abraçe cada dia mais forte pra que eu possa sentir seu toque,
me embale em suas palavras dizendo que me quer e me deseja,
faça tudo mesmo valer a pena, e que o amanhã chegue
de uma maneira especial,
esse que na qual me deixe louco por ti."

                      Sir Mustang

Sem a carne, mas me resta minha alma

Author: Kanpeki / Marcadores:


"Meu corpo em campo de batalha se tombou,
e com ele a esperança de volta para minha amada acabou,
pelo menos não mais a carne voltará,
e sim minha alma a ela se eternizará!
A dor de ter a perdido é maior do que a espada de meu
inimigo ter me atravessado, so que de uma unica coisa tenho razão,
ele cortou minha carne, mas não acertou meu coração,
coração esse que reina o sentimento mais puro e de certo forma singela,
é a graça de ter quem me amou, e eu amarei demais a ela.
Estou sentindo um chamado divino no qual devo ir,
mas minha ultima mensagem na terra eu deixei antes de partir,
que ela se lembrasse de mim todos os dias,
porque eu nunca me esqueceria de tu minha amada,
que me acompanhastes nessa minha jornada.
Foi minha confidente, companheira, amiga,
esposa, mulher que sempre quero ter até na outra vida.
E ao saber que nuncas desistiu de meu amor,
eu do outro lado estarei a esperando, com todo o louvor,
que uma vida dedicada teve a ti.
Não quero ser lembrado como herói, guerreiro, batalhador,
quer ser apenas seu amado e por todas as eras lembrado, de seu amor."

                           Sir Mustang

A lua que me liga a você!

Author: Kanpeki / Marcadores:


Mais uma vez fiquei cara a cara com a lua,
eu a olhava e percebi que quanto mais eu a encarava, mais eu a admirava.
Singela mente percebi que de minha face rolou uma lágrima,
eu estava a pensar em ti quando acontecestes tal fato,
não sabia ao certo e nem se era exato,
mas de uma coisa sabia, que aquela lágrima era de uma boa sensação que aconteceu,
pois de meu coração não saiu e a saudade bateu.
Corria por dentro de mim minha lady, algo que nunca havia sentido,
 percebia que meu corpo se aquecia só de lembrar teu nome, esse nunca esquecido.
Lembro me de épocas que vivia minha vida sem rumo aparente,
ate que tu apareceu e de minha alma e coração nunca mais saiu,
lembrava fielmente de seus beijos,eles que sempre me traziam força nas batalhas,
e assim o mal que eu tinha em meu peito foi se exalando,
e este jamais deixou de te amar, pois continuei amando.
E assim permanece até hoje,
e as lagrimas escorrem todas as vezes pra lua por causa de nossa promessa,
de sempre estarmos conectados atraves dela,
oh, mágica, generosa e amante dos amantes..Lua." 

Sir Mustang

Bela dama

Author: Kanpeki / Marcadores:


De um longo e belo vestido negro
caminhava docemente com um sorriso
em face disse”eu fui amada”em sua face
rolavam lágrimas e um olhar triste...ela pulou...

E me fez recordar da vossa historia triste,
ninguém a amava, pelos seus defeitos ou qualidades,
Da sua vida Sofrida não desejo a ninguém
dos trapos que usara a vida inteira

Campos que corria e brincava sozinha,
seus pais que nunca estiveram lá, os tios
que a fizeram de escrava a torturavam,
E batiam e estrupavam,brincando com sua vida
Como se fosse uma boneca!

Choramdo pelos cantos lá estava ela
que havia ter de feito a Deus por tamanho
castigo dado, chorando em silencio esperando
uma resposta simples, respostas que nunca tivera

A menina crescendo foi e dos tios que faleceram
Ela Lutou e foi adotada por um bom senhor
que a educou, amou,e como velho, morreu
e ao inferno ela foi, chorou se perdeu.

Com tudo ela ficou com nome nobre
Até mesmo o luto do homem que
um dia chamou de vosso pai!
Nobre agora ela era e aparentemente havia conhecido
um bom rapaz!Que a enganou e a usou...

De pobre ela se fez,
e conheceu outro rapaz no qual a viu
pelo o que era
e a amou assim o mesmo ela...porém...

Para guerra ele foi
e para o inferno ela retornou
e da solução o suicídio ela se matou...
Ele morreu! O Homem que viu que bela dama ela era...

Condessa M.

Ao inferno fui sem ninguem...

Author: Kanpeki / Marcadores:


Escutando um piano, seguido com a mais
bela canção, como dos anjos líricos tão bem
queridos...Sentindo em mim suas
mãos me tocando e abraçando-me
sendo levada pelos seus braços a me embalar,
e meu velho passado vem me cobrar,
do mal que fiz da vida que podia
ter, das almas que podia ter salvo...
Com minha alma pecaminosa
vi todos meus defeitos, e a musica,
parecia me julgar agora mais
forte entre lágrimas de dor e terror...
Com dor em cada parte de mim abro os
olhos e te vejo como se nada de terrível
tive-se feito e criança ainda seria
e chorando me entreguei aos seus braços...
Segunda chance dada, mudei,
ajudei, sorri , me diverti com você!
Criei uma família sem destruir
nada lutando por tudo que podia lutar!!
Chorei quando quis chorar!
Sorri quando quis sorrir!
Vivi o quanto pude viver!
E amei o Maximo que pude amar!
E então tudo se desfez
e cai em prantos desejando
Acordar do pesadelo, pois...
Eu não tinha ninguém!
E quando vi, do passado
não voltei,a beira da morte lá estava
Sem ninguém...

Condessa M.

Mais um anjo...

Author: Kanpeki / Marcadores:


Lá regia a jovem moça...
que tão bela era ela
e como se vosso mundo
morre-se a arvore no
qual estava lá falecia,
pela tristeza que o mundo
se afundava, e mergulhando,
em desespero, pânico e terror.
Pelos próprios erros ,        
e erros dos maiores santos,
Pecados e recados anotados
os pensamentos e vistos
os caminhos que poderiam
ter sido feitos...
Da ganância se ajoelhou sobre o
ouro, pelo egocentrismo não abaixou
a cabeça pela luxuria  e pela
gula de poder vendeu sua alma.
E hoje com inveja das rosas
brancas, matou, e as banhou
em sangue, da insanidade
e loucura foi levada e trazida,
Pela demência, vidas perdidas,
Da beleza pura perdida.
E da insanidade demoníaca...
Ah!As pétalas vermelhas como sangue
caem do céu, como se ELE
chora-se e dor tão grande
sentida, a pura água salgada
se torna sangue com a perda...
E os anjos choram, nós choramos.
A escolha a matou e o pecado
a consumiu...A consumiu
e o belo anjo da incerteza que teve
foi ao inferno...
Todos se foram  amigos que nunca teve
Um amor, um céu um paraíso,
que nunca existiu.
Ah!Os anjos choram,
Ele chora a perda de
mais um anjo
que caiu Ah! eu também
eu também choro Mais um anjo ...
Que se perdeu...

Condessa M.

Meu clamar

Author: Kanpeki / Marcadores:


Eu escuto em meio a sua orações a chamar meu nome,
um toque suave de seus lábios vão a beijar o rosário,
você minha amada, não deveis mais sofrer sem precisão,
este tolo, mas apaixonado cavaleiro já lhe disse seu motivo, sua razão,
se não a amasse tanto não terias entregado meu coração!
A idolatro desde a primeira vez que nos conhecemos,
e pra sempre este servo jamais a esqueceu,
tornando assim meu coração escravo do seu.
Estou deitado nesse momento,
e só em ti coloco meus pensamentos,
pensamentos esses que valem mais que moedas,
Deus comanda a minha volta e hei de vê-la em minha frente novamente,
alegre, disposta e como sempre a conheci, contente.
E quando chegar merecerei apenas escutar de sua boca o quanto me amas,
e que toda noite estavas a  clamar por meu nome, e pelo meu nome estava a chamar,
demonstre quando eu chegar que mereço tudo de ti, inclusive te amar.

Sir Mustang

Poesia VI

Author: Kanpeki / Marcadores:

An Ean Ni Solk


Vós podeis escutar o som desta agonia? Pessoas tristes a chorar
Não há vós piedade destas almas que vivem nesta terra a lamentar?
Eu posso escutar, cada uma delas tem um brilho diferente
Algumas tão claras outras pouco incandescentes
Mas este é o som, o som da alma
Vós perdeis a graça de deste som contemplar
Mesmo que eu morra no cárcere da miséria disso poderei observar
Ah! Que isto seja eterno
E que deste som tão puro e belo
Eu venha guardar
Há almas tristes, boas e más
Mas que eu seja presenteada por sentir cada uma delas
Nesta terra, onde ninguém mais sabe amar
E quem sabe, Ah! quem sabe amar já adoeceu
Eles pisaram em vossos sonhos como pisaram nos meus
Poucas almas aguentaram isso, por isso, ninguém mais sabe amar
Mas estou aqui, escuto o som de tuas almas
Lindo som, som que envolve
Se eu pudesse renomear
Chamaria-os de homens
Homens que não descobriram suas almas
Mas que resplandecem delas uma forte essência
Ah! Como é belo, como é belo enxergar
Ah! como é belo, como é belo escutar
Ah! Como é belo!

Lady Eyria

Meu estima por ti

Author: Kanpeki / Marcadores:


"Em ti desde que a conheci, vi um brilho em seu olhar,
parecia desejar mais e mais,
e nada nesse mundo parecia ser demais.
Um dia qualquer voce estava triste e parecia sozinha,
mas bem la no fundo quando a vi, veio em minha mente uma pequena sintonia,
de que merecia mais do que elogios, e sim atenção,
desde este dia então, lhe estendi a mão.
Prometi que não iria a abandonar,
que sempre estarias aqui pra te ajudar,
e de sua mente tirar os pensamentos ruins,
a amizade so deve ser construida em cima de frutos positivos,
e nós simples humanos deveriam rezar por nossos inimigos,
e tirar de nossa mente aqueles fantasmas antigos.
Nada mais no mundo merece ser preservado do que um sorriso,
simples, singelo e de um tom angelical,
daqueles que se vissem sempre iriam se espantar o mal,
e nada mais de tristezas terias,
pois controlar seus medos era o que merecias,
calma, paciencia e perseverança deveria ter,
pra nenhum daqueles males mais temer,
e assim continuaria a ver,
que pessoas que por mais simples que sejam queria a conhecer,
e nada mais do que um sorriso merecer.
Peço apenas pra que um dia não me esqueças,
porque assim se esquecer saberei que não disse palavras em vão,
e sim que voce entrastes no que eu temia...A solidão..."

                                   Sir Mustang

Te espero, e nem a eternidade ira me separar de ti!

Author: Kanpeki / Marcadores:


"Num mar de solidão a alma dele vivia,
se não fosse por sua lady nada em sua alma sobreviveria,
cavalgava sem nenhum motivo pelas guerras de seu coração
até que um dia ele a encontraste, e do sorriso notava que havia uma opção,
e naquele gesto ele sentiu seu coração fluir,
e então o amor por ela, ele começoua a sentir.
Havia mil razões para ele sempre querer a ve-la,
pois solidão, saudade ou até mesmo tristeza não querias mais consigo,
somente o amor e a vontade de te-la ao seu lado era algo a possui-lo.
Suas lagrimas agora eram de alegria,
ali tudo o que ele jás fazia, somente a ela assim valeria.
Sua lady sempre o esperava,em seu coração sentia,
as almas agora desde esse dia se fundiriam,
e de guerra não vivia mais,
e deixar de ama-la, jamais.
Parece ate uma mentira, ou uma ilusão por ela construia?
Seu olhar quando batia com o meu sempre demonstrava,
que dali sairia mais do que um simples amor,
e sim a ela teria todo meu clamor,
Minha mera companheira, quero te mais, a cada noite que passa
parece que sem ti minha alma se amassa
como um pedaço de papel, na mesa de um escritor,
que procuras em seus versos homenagear seu amor.
Prometo dedicação,
paixão,
amor além do infinito,
porque é isso que não me faz um mito,
e sim um louco e apaixonado por ti, minha vida,
minha amada que nunca mais verá minha partida."
                         Sir Mustang

Melodias do cavaleiro

Author: Kanpeki / Marcadores:


"Ontem ao cavalgar eu escutei minha donzela a me chamar
ela proclamava cânticos para que eu pudesse escutar,
a minha falta em seu coração a fazia soluçar
inexplicavelmente, aos poucos eu ia a me amendrontar
achando que minha amada um dia fosse me esquecer,
seus gestos em minha cabeça fizeram esse cavaleiro tremer,
esse tremor nem mesmo Deus poderia conter,
logo foste a juntar minhas coisas e a ela fui imediantamente,
e ali correndo não saberia dizer o que diria a ela realmente,
pois meu coração sempre foi dela e de todos meus males ela me libertou.
Hoje sou mais forte, mais habil,
minha espada não é mais algo fragil,
meu coração ja sabe o rumo certo de seguir,
e assim minhas metas atingir,
desejo apenas ela, e tu, mulher, me enlouquece,
pois de ti esse cavaleiro jamais se esquece,
proclamei a lua meu amor a ti,
e assim continuaria e sempre no final a amaria,
eternamente és a palavra desse cavaleiro,
que sabe que aqui dentro bate um amor verdadeiro!"

                               Sir Mustang

coraggio dalla vostra parte

Author: Kanpeki / Marcadores:










Coragem Foi o que tu me deste

Coragem de enfrentar o mundo afora contigo 
Coragem para seguir meu caminho 
Sem precisar ligar para os pensamentos dos outros 
Agora consigo olhar para traz e não sentir dor nem remorso
Quando estou contigo sinto me se como se te conhece há anos
Tenho coragem de apagar os meus sentimentos passados.
Coragem de conseguir suporta ficar um tempo só
Agora eu consigo enfrentar á todos pelo nosso amor
Tu me ajudaste a não temer mais os meus medos obscuros
E quando estou só, no escuro tu me guias até a luz.
Ao te encontrar achei uma parte de mim que estava perdida
Pois tu es aquele que veio para mudar o meu mundo
Quando te encontrei a alegria voltou ao meu reino
De uma maneira maravilhosa.
Todas as vezes que vejo a um por do sol choro mais
De alegria ao lembrar dos nossos momentos
Ao teu lado me sinto protegida e amada
Não há nada que tu não saibas sobre mim conhece-me muito bem.
Não sei tudo sobre tu, mas o tempo me mostrará .
O que tanto me esconde.
Não serás, mas este homem solitário .
Pois agora tens a mim e o meu coração.
Tu és meu príncipe, meu cavaleiro, mas o mais importante.
Tu és o meu amado!

Donzela A.                            

Par toi mon bien-aime, j'ai ecrit cette chanson

Author: Kanpeki / Marcadores:


"Meus canticos tristes pela minha amada não mais cantarei,
dela espero um amor, mas pelo visto nada saberei
se não perguntar aos céus respostas não terei,
apenas sei que de mim ela deseja a harmonia perdida
e sozinha uma hora dessa deve estar,resentida
ela canta o mesmo verso que seu amado
que agora em seu coração esta guardado, eternizado.
Ela luta sorridente
e espera que nada mais seja deprimente,
e que so ao ver o semblante de seu amado,
oh cavaleiro que sejas abençoado
com o retorno para o seu lar
e para a sua gloria receber
e de sua glorificada amada lhe conceder
o desejo mais profundo de um casal de apaixonados,
saber que ele regressou e de que seu amor
por ela esteja intacto
assim seja como em um pacto.
Sagrados seriam os dias pelos quais passei aos braços dela,
ela me espera, linda, meiga, singela
como uma flor que recebe a luz do sol
como uma criança que brinca em um paiol,
não mais sofrimento terás minha cara
pois dessa paixão eu me sinto como uma joia rara
e de ti somente quero seu amor e mais nada
me faria deixar de te amar, minha amada."

                               Sir Mustang

Poesia V

Author: Kanpeki / Marcadores:

Kurent An Meo

Correrei até ti, mesmo que longe estejas, nada impedir-me-a de estar ao teu lado, o mal não nos afetará, sei que estás a minha espera e não retornará a está terra sem estar ao meu lado, os sinos da igreja anunciaram minha partida e todos não poderão crer,eu que sou inerme a este mundo, tua aura plácida mostra-me o que neste reino se perdeu, nenhuma nódoa de nosso passado entre as chamas da escravidão me farão desistir, correi a ti meu amor mesmo que no caminho a voragem a me tomar, deste teu rubro amor irei presenciar. Tu que foras ao céu por mim roubar uma estrela já não posso aguardar-te então eu correi até ti e com lábios cálidos a espera da volúpia de teus beijos, Ah! Este desejo, que toma-me sem que percebo, fazes-me precisar de ti, e nada que eu me lembro poderá acalmar-me deste anseio. Espere-me cavaleiro nesta noite irei partir, justamente ao teu encontro, finalmente ser feliz...


Lady Eyria

Viagem maldita

Author: Kanpeki / Marcadores:


-Estou escutando uma musica que me traz de volta pensamentos, vertigens de algum lugar ,onde estou?que roupa é esta?Há! Estou dançando em um baile, esta tão belo,que cortinas, vestes e pessoas mais belas!Mas algo me chama então começo a correr, sem saber direito onde vou parar?E então vou-me ao quintal,ao longe vejo um homem tão belo quanto um deus grego!E entre os perfumes e entre as folhas que conforme ando o vestido rasteja fazendo alguns pontos luminosos... Ao chegar tão próximo do rapaz vi que o mesmo corria em direção a uma arvore, como era grande e formosa tal arvore!Quando ele parou e  virou-se para mim fiquei hipnotizada sem saber o  que falar aqueles olhos tão iluminados,aquele sorriso tão sedutor, e ao longe o som de violinos e como se tudo fosse perfeito !Mas... Tem algo de estranho como uma dança nos entre olhávamos,sua pele tão pálida e fria quando fora tocar sua face,mas o que está acontecendo me parece tão familiar?O vento soprando e meus cabelos como o do mesmo a esvoaçar,até que me puxara para seus braços e assim escutar o mesmo   falando de meu destino que seria reinar!Sem entender o som ficava mais grave e forte!E então quando olhei para mansão em chamas e as pessoas pegando fogo e ainda dançavam mas como demônios o céu a lua avermelhada ficou!E assim o rapaz sorrio e vi seus caninos!ele cantava “Vamos minha amada danças a dança dos imortais!”“vamos dance e cante como sempre faz, rainha dos mundos!”,“Minha deusa da destruição”, não sei o que ouve sei que  a sorrir e cantar comecei “Queimem mortais, que vos considerais  deuses,
 pois da vossa alma eu quero a bebida mais pura, quero a essência de vossas almas...”,com tamanho medo dessa visão  acordei, e quando olhei para o lado vi o meu amado ,Chorando enquanto dormia comigo, e dos meus olhos juravam sangue, e da minha boca nada saia e apenas ficava uma frase em minha mente”Page por vossos pecados”...e então a ultima palavra que saiu de minha boca antes do fim foi...Viajem maldita!

Condessa M.

Watashi wa(eu sou)

Author: Kanpeki / Marcadores:


Tu és dono de seu espaço e eu sou dona de teu mundo
Vosso erro é julgado e o meu  erro jamais tem nada de errado
Do teu trair a raiva que ocorre do meu trair e eu sou egoísta!
Vos  eles aqueles todos devem me amar!
Ah Pura hipocrisia de ser dita e pensada...
Não sou e de fato jamais serei!
Sou sozinha  sou excluída do mundo,
Sou um numero , e não ligo para ninguém,
Por que vossa pessoa e nem mais ninguém ligaria,
Sou vossa dama, donzela , sou mulher, sou menina
Sou a vossa rainha!
De fã não tem que seja mais meu fã alem de mim mesma,
Única em quem confiar, única a quem amar,
Por que jamais alguém me entenderia como eu me entendo
Sou egoísta sou hipócrita sou doce sou gentil e sou amável!
Há! Como se algo importa-se no mundo só existem bossais
Que julgam e são julgados que somente pensam assim como
Você é como você sente como eu sou perfeita e você não
Como a dama tão bem lembrada mas não tanto quanto eu
Mas sem mudar de que vale ser única e todos pensam
“Eu sou” 

Condessa M.